quinta-feira, 25 de outubro de 2012

TOP 10 Matérias 2011 - 2012, Um ano de Creepy Attic!

25 de Outubro, aniversário do Blog! Aqui temos um Post especial, em comemoração a um ano de Creepy Attic XD! Viva, viva, vinte vivas!

Foram 159 postagens e 26129 visualizações até agora! (dariam uns 13 posts por mês e 71,58 visualizações por dia durante esse ano, nada mal pra quem ficou satisfeito com 1000 visualizações no primeiro mês -_-).

Aqui vai um grande agradecimento a todos os que acompanham o blog e fazem meu trabalho de pesquisa não ser em vão inclusive indicados por amigos e que conheceram meu blog através das minhas postagens no Facebook! Muito Obrigado a todos!

Chega de papo furado, a título de comemoração vou publicar aqui o TOP 10 das postagens mais famosas do blog durante seu primeiro ano, e colocarei uma breve impressão e link em cada um. (lembrem-se aquele top 3 lá embaixo são os posts mais vistos do mês, estes aqui são do ano)  

TOP 10 POSTS MAIS VISTOS 2011-2012

10° LUGAR: Deep Web – Sério que você quer isso mesmo :/ - 06/09/2012


Impressionante como a quantidade de buscas desse post tão novo lhe rendeu lugar nessa lista.

Alguns conhecidos meus me cobraram pra caramba falar sobre a Deep Web, por ser um assunto bizarro oculto dentro de nosso dia-a-dia, e eu pesquisei arduamente antes de escolher os links (mentira, foi divertidão).

Como não gosto de trabalho medíocre, acabei por exagerar um pouco e encher o post com links perigosos e violentos que você não encontra por aí (entrem lá hackerzões xp).


9° LUGAR: Rugrats – Chuckie’s Mom - 07/01/2012


Essa é uma creepypasta bem bizarra sobre o que supostamente teria acontecido com a mãe do covarde personagem Chuckie da animação Rugrats da Nickelodeon (Os anjinhos, no Brasil).

Essa creepy cai bem aos ouvidos pois não existe nenhuma explicação oficial sobre o desaparecimento da mãe do garoto na série (hummm, os criadores deveriam ter esclarecido isso em algum episódio) sendo teorizado por algumas pessoas inclusive que o pai dele a matou (O.o) e ainda por cima, na metade da série o pai se casa com outra mulher, e os fãs tem que engolir a interação com uma “nova mãe” o resto da séria (vá lá, isso é bem perturbador para uma criança)


8° LUGAR: Bob Esponja – Os Sete Pecados Capitais - 09/02/2012


As creepys de Bob Esponja sempre são bem acessadas e essa aqui foi particularmente bem sucedida por ser verdadeira!

Foi o próprio criador da série Stephen Hillenburg que confirmou serem todos os personagens principais baseados nos 7 pecados capitais (aposto que as crianças nunca iriam se tocar disso sozinhas, hein)

Tá certo que o próprio criador também já admitiu que não tinha nenhuma intenção educativa no desenho, mas embutir informações subliminares é bem creepy. Por falar nisso, você sabia que o Siri Cascudo é uma armadilha de lagosta? (Nham, nham, hambúrgueres de parentes)



7° LUGAR: Keanu Reeves Seria Imortal? - 24/02/2012


Eu, em particular, sou um grande fã de Keanu Reeves.

Ele já tem naturalmente um ar meio distante e pensativo, mas ser um humano milenar o.o? Tá, vamos combinar, ele não é o único, se você procurar por rostos famosos parecidos com quadros antigos vai encontrar diversos na web (O de Nicholas Cage é um dos mais famosos) mas só a teoria ser tão grande e intrincada já vale uma olhada.


(Keanu vive como uma pessoa normal? Antes de responder dê uma olhada aqui http://9gag.com/gag/4472701 Pessoas que viveram muito costumam ser melancólicas)

6° LUGAR: Hollow Sorrow - 09/01/2012


Essa creepy sobre um wallpaper amaldiçoado só pode ser considerada no mínimo perturbadora e estranha, mas rendeu bem mais visualizações do que eu supunha.

Não há muito o que falar sobre ela, além dos fatos nebulosos.

Em qual site eu encontrei? Kkkk no Inferno (-_-).


5° LUGAR: Um Maluco no Pedaço – O Episódio Perdido - 19/01/2012


Quando uma série termina sem muitas explicações ou tem uma mudança muito brusca, é normal que surjam creepys ao redor dos fatos. Essa aqui se encaixa na primeira e segunda categoria, e gira ao redor da mudança repentina da atriz que faz o papel de tia Vivian, onde supostamente teriam filmado um fim provisório (e violento) para série.

Se você é daqueles que criou um carinho especial pelo tio Phil, Carl e companhia limitada essa creepy pode ser bem perturbadora :O


4° LUGAR: A morte de Chave - 29/01/2012


A série Chaves fez mais sucesso no Brasil que em seu país de Origem, o México, e por isso é natural que as pessoas se perturbem mais com creepypastas e imagens da série do que com outras.

Para ser sincero pouco depois de eu publicar essa matéria surgiu o Hoax de que Bolaños teria morrido, e por isso minhas visualizações foram para o céu :/ de qualquer jeito, é uma boa creepy, vale a pena dar uma olhada.


3° LUGAR: Rugrats – A Teoria da Imaginação de Angélica - 09/01/2012


Mais uma creepypasta de Rugrats, essa, até onde sei, faz sucesso onde é publicada.

De acordo com essa teoria todos os bebês seriam projeções imaginárias da menina mais velha (e egocêntrica) do grupo, Angélica. Os traços psicológicos da personagem favoreceriam essa teoria (por ela não ter amigos e ser extremamente mimada). E por isso os adultos os ignorariam fora do berço. link abaixo.


2° LUGAR: Zalgo, o Lado Negro do Meme - 14/11/2012


Uhuuu, essa me dá um grande orgulho por ter sido praticamente toda escrita por mim. E já notei que a fama dele é gerada por vários compartilhamentos.

Eu traço durante o post um paralelo entre o Deus maligno de H.P. Lovecraft, Cthulhu e um meme relativamente underground mas muito perturbador chamado Zalgo. Acho que fiz um bom trabalho. O grande número de imagens ajudou no clima sombrio do post (e é meu post com  mais comentário também -_-) deem uma olhada.


1° LUGAR: Jonh Titor – O Viajante do Tempo - 31/12/2011


No primeiríssimo lugar temos uma história tão carismática que criei a Tag “Mistérios Bizarros” por causa dela (E foi publicada na exata virada do ano de 2011, coincidência?).

Existem tantas evidências e fatos ou redor desse mistério que existe uma grande chance dele ser verdadeiro (o.O) e a grande quantidade de imagens que coloquei no post ajudou muito nas buscas pelo Google até meu Blog, o que foi uma grande sacada XP hehehe.

O post conta a história do suposto viajante do tempo Jonh Titor, que no ano de 2000 teria publicado em diversos fóruns informações de teorias absurdamente avançadas para aquele ano, inclusive com fotos e projetos. Teorias sobre túneis de minhoca (Worm holes) e aparelhos que desviam a luz (essa ainda nem descobriram). O mais interessante foi que ele não se preocupou em divulgar essas informações em larga escala, ele simplesmente as publicou lá e as pessoas foram ficando abismadas com o que viam. Jonh Titor falou que iria embora em determinado dia e simplesmente desapareceu na data, jamais conseguiu ser rastreado ou encontrado (o.O)

Existe um Anime chamado Stein Gate baseado em muitas de suas teorias, e muitas buscas pelo Anime fizeram pessoas conhecerem meu Blog. Deêm uma conferida na matéria, está muito bem ilustrada.

http://creepyattic.blogspot.com.br/2011/12/john-titor-o-viajante-do-tempo.html

-----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Bem galera, esse foi o ano. Meu blog começou de forma simples e atualizado lentamente (hummm na verdade é assim até hoje) mas faço o que faço porque sempre me diverti com o terror e não cobro ou ganho um centavo por isso (me deêm dinheiro :O) ver as histórias que publiquei do início até hoje, após tanto tempo, me dá um certo orgulho. 

Sou grato a todos que me acompanham no blog, muito obrigado, tenham bom sustos!

O Segredo do Triângulo das Bermudas


O Triângulo das Bermudas (também conhecido como Triângulo do Diabo) é uma área que varia, aproximadamente, de 1,1 milhão dekm² até 3,95 milhões de km². Essa variação ocorre em virtude de fatores Físicos, Químicos, Climáticos, Geográficos e Geofísicos da região, que influem decisivamente no cálculo de sua área, situada no Oceano Atlântico entre as ilhas Bermudas, Porto Rico, Fort Lauderdale (Flórida) e as Bahamas. A região notabilizou-se como palco de diversos desaparecimentos de aviões, barcos de passeio e navios, para os quais popularizaram-se explicações extrafísicas e/ou sobrenaturais.

A lenda em torno desse local começou a partir dos escritos de Cristovam Colombo, que afirmou ter visto objetos luminosos no mar e no céu em sua primeira visita ao local.
Embora relatos antes mesmo de Colombo já credenciavam o local como uma área misteriosa. 

Com o passar dos anos as crenças populares, o estudo de cientistas e reportagens, começaram a fundar teorias que explicassem o evento:
Anomalias no campo eletromagnético do planeta Terra.
Restos de cristais de Atlântida, a cidade perdida.
Teoria conspiratória forjada para desenvolver reações no mundo da Guerra Fria
Monstros marinhos
Redemoinhos gigantes

Explicações sobrenaturais:

Alguns escritores têm usado alguns conceitos sobrenaturais para explicar os eventos no triângulo. Uma explicação é de uma suposta tecnologia do continente perdido de Atlântida. Às vezes conecta-se esta história à formação rochosa submersa conhecida como Bimini Road ("Estrada de Bimini"), perto da ilha de Bimini, nas Bahamas, que está no triângulo em alguns casos. Seguidores do falso psíquico Edgar Cayce tiveram a previsão de que a evidência de Atlântida seria encontrada em 1968, referindo-se à descoberta de Bimini Road. Alguns descrevem a formação como uma estrada, uma parede, ou outra estrutura, apesar dos geólogos considerarem isso como sendo de origem natural. 

Outros escritores atribuíram os eventos aos OVNIs. Esta ideia foi usada por Steven Spielberg em seu filme de ficção científica Contatos Imediatos de Terceiro Grau, que mostra os tripulantes do voo 19 como alienígenas abduzidos.

Charles Berlitz, neto de um ilustre poliglota e autor de vários livros de fenômenos anormais, tem deixado em linha com sua extraordinária explicação, e atribuiu os desaparecimentos no triângulo como uma anomalia ou forças inexplicáveis.

Explicações Naturais:

Os problemas com bússolas são um dos mais citados em vários incidentes no triângulo. Enquanto alguns têm teorizado que anomalias magnéticas locais incomuns podem existir nesta área, tais anomalias não têm sido reveladas como existentes. Também deve ser lembrado que as bússolas têm variações magnéticas naturais em relação aos polos magnéticos. É o que acontece, por exemplo, nos Estados Unidos os únicos lugares onde o polo norte magnético e o polo norte geográfico são exatamente os mesmos estão em uma linha passando de Wisconsin até o Golfo do México. Navegadores têm sabido disso por séculos. Mas o público pode não estar informado, e as pessoas pensam que lá existe alguma coisa misteriosa sobre a "mudança" na bússola sobre uma área tão larga quanto o triângulo, o que naturalmente acontece.

 

Os Furacões são poderosas tempestades que são geradas em águas tropicais, e têm historicamente sido responsáveis por milhares de vidas perdidas e bilhões de dólares em prejuízos. O naufrágio da frota espanhola Francisco de Bobadilla em 1502 foi o primeiro registro de um exemplo de um destrutivo furacão. Estas tempestades têm no passado causados vários incidentes relacionados ao triângulo.

Segundo alguns teóricos a alta concentração de gás metano poderia fazer com que os aviões caíssem. O ar menos denso faria com que os aviões perdessem sustentação. Além disso, no altímetro do avião (que mede a altitude) é medida a densidade do ar. Como o metano é menos denso, o altímetro indicaria que o avião está subindo. O piloto que viajaria de noite ou entre nuvens (onde não é possível ver o solo), suporia que o avião está subindo, e reagiria descendo, fazendo com que o avião colidisse.

 

Além disso, o metano no motor arruinaria a mistura de combustível e ar. Os motores do avião queimam hidrocarbonetos (como a gasolina) misturados com o oxigênio que provêm do ar. Quando os níveis de oxigênio no ambiente diminuem bruscamente, a combustão poderia parar por completo, fazendo com que o motor desligue. Todos estes efeitos do gás metano tem sido demonstrados experimentalmente

 

Uma “pequena” Lista de Acidentes oficiais nessa área , por ordem cronológica.

 

1840 - Rosalie - embarcação francesa encontrada meses após o seu desaparecimento, na área do Triângulo das Bermudas, navegando com as velas recolhidas, a carga intacta, porém sem vestígios de sua tripulação.

1880 - Atlanta - Fragata britânica, desapareceu em Janeiro, com 290 pessoas a bordo.

1902 - Freya - embarcação alemã, ficou um dia desaparecida. Saiu de Manzanillo, em Cuba no dia 3 de outubro. Foi encontrada no dia seguinte, no mesmo local de onde havia saído, porém sem nenhuma pessoa a bordo: todos os tripulantes desapareceram.

1909 - The Spray - pequeno iate do aventureiro canadense Joshua Slocum, que desapareceu nesta área.

1917 - SS Timandra - embarcação que iria para Buenos Aires que tinha partido de Norfolk (Virgínia) com uma carga de carvão, e uma tripulação de 21 passageiros. Desapareceu não emitindo nenhum sinal de rádio.

1918 - Cyclops - embarcação carregada com 19.000 toneladas de aprovisionamentos para a Marinha Norte-americana, com 309 pessoas a bordo. Desapareceu a 4 de março em mar calmo, sem emitir aviso, mesmo dispondo de rádio.

1926 - SS Suduffco - embarcação que afundou em um furacão no triângulo.

1931 - Stavenger - cargueiro desaparecido com 43 homens a bordo.

1932 - John and Mary - embarcação desaparecida em Abril. Foi encontrada posteriormente à deriva, a cerca de 80 quilômetros das ilhas Bermudas.

1938 - Anglo-Australian - embarcação desaparecida em Março, com uma tripulação de 39 homens. Pediu socorro quando estava próxima ao Arquipélago dos Açores.

1940 - Gloria Colite - embarcação desaparecida em Fevereiro. Foi encontrada intacta, mas sem a tripulação.

1945 - Super Constellation - aeronave da Marinha Norte-americana desaparecida em 30 de Outubro, com 42 pessoas a bordo.

1945 - Voo 19 ou Missão 19 ("Flight 19") - esquadrilha de cinco aviões TBF Avenger, desaparecida em 5 de Dezembro.

1945 - Martin Mariner - hidroavião enviado na busca do Vôo 19, também desapareceu em 5 de dezembro, após 20 minutos de vôo, com 13 tripulantes a bordo.

1947 - C-54 - aeronave do Exército dos Estados Unidos, jamais foi encontrado.

1948 - DC-3 - aeronave comercial, desaparecida em 28 de dezembro, com 32 passageiros.

1948 - Tudor IV Star Tiger - aeronave que desapareceu com 31 passageiros.

1949 - Tudor IV Star Ariel - aeronave que desapareceu no triângulo.

1950 - Sandra - cargueiro transportando inseticida, desapareceu em Junho e jamais foi encontrado.

1950 - GLOBEMASTER - Avião desaparecido em março. Era um avião comercial dos Estados Unidos.

1952 - YORK - Avião de transporte britânico. Desaparecido em 2 de fevereiro. Tinha 33 passageiros a bordo fora a tripulação. Sumiu ao norte do Triângulo das Bermudas.

1954 - Lockheed Constelation - aeronave militar com 42 passageiros a bordo que desapareceu no triângulo.

1955 - CONNEMARA IV - Desapareceu em setembro e apareceu 640km distante das bermudas, também sem tripulação.

1956 - MARTIN P-5M - Hidroavião desaparecido em 9 de novembro. Fazia a patrulha da costa dos Estados Unidos. Sumiu com 10 tripulantes a bordo nas proximidades do Triângulo das Bermudas.

1957 - CHASE YC-122 - Desaparecido em 11 de janeiro. Era um avião cargueiro com 4 passageiros a bordo.

1962 - Um avião KB-50 desapareceu em 8 de janeiro. Tratava-se de um avião tanque das Forças Aéreas dos Estados Unidos. Desapareceu quando cruzava o Triângulo.

1963 - MARINE SULPHUR QUEEN - Cargueiro que desapareceu em fevereiro sem emitir nenhum pedido de socorro.

1963 - SNO'BOY - Desaparecido em 1º de Julho. Era um pesqueiro com 20 homens a bordo. Nunca foi encontrado.

1963 - 2 STRATOTANKERS KC-135 desapareceram em 28 de agosto. Eram 2 aviões de quatro motores cada, novos, a serviço das forças aéreas americanas. Iam em missão secreta para uma base no Atlântico, mas nunca chegaram no local.

1965 - FLYNG BOXCAR C-119 - Desaparecido em 5 de junho. Era um avião comercial com 10 passageiros a bordo.

1967 - WITCHCRAFT - Desaparecido em 24 de dezembro. Considerado um dos casos mais extraordinários do Triângulo. Tratava-se de uma embarcação que realizava cruzeiros marítimos. Estava amarrado a uma bóia em frente ao porto de Miami, Flórida, a cerca de 1600 metros do solo. Simplesmente desapareceu com sua equipe e um passageiro a bordo.

1970 - Milton Latrides - cargueiro francês que partiu de Nova Orleans em direção à Cidade do Cabo. Levava uma carga de azeite vegetal e refrigerante. Afundou no triângulo em Abril.

1973 - ANITA - Desaparecido em março. Era um cargueiro de 20.000 toneladas que estava circulando próximo ao Triângulo com 32 tripulantes a bordo.

1976 - Grand Zenith - petroleiro, afundou com pessoas e bens a bordo. Deixou uma grande mancha de petróleo que, pouco depois, também desapareceu.

1976 - SS Sylvia L. Ossa - embarcação que afundou em um furacão a oeste das ilhas Bermudas.

1978 - SS Hawarden Bridge - embarcação que foi encontrada abandonada no triângulo.
1980 - SS Poet - embarcação que afundou em um furacão no triângulo. Transportava grãos para o Egito.

1995 - Jamanic K - cargueiro que afundou no triângulo, depois de sair de Cap-Haïtien.

1999 - Genesis - cargueiro que afundou depois de sair do porto de São Vicente; sua carga incluía 465 toneladas de tanques de água, tábuas, concreto e tijolos; informou de problemas com uma bomba um pouco antes de perder o contato. Foi realizada uma busca sem sucesso em uma área de 85.000 km² (33.000 milhas quadradas).

Outros eventos bizarros:

Um Cessna 172 é "caçado" por uma nuvem, o que resulta em funcionamento defeituoso de seus instrumentos, com conseqüente perda de posição e morte do piloto, como informaram os passageiros sobreviventes.

Um Beechcraft Bonanza voa para dentro de uma monstruosa nuvem cúmulo ao largo de Andros, perde o contato pelo rádio e logo recupera-o, quatro minutos depois, mas descobre que agora está sobre Miami, com mais vinte e cinco galões de gasolina do que deveria ter-quase exatamente a quantidade de gasolina que seria gasta pelo aparelho numa viagem Andros-Miami.

Um 727 da National Airlines fica sem radar durante dez minutos, tempo em que o piloto informa estar voando através de um leve nevoeiro. Na hora de aterrissar, descobre-se que todos os relógios a bordo e o cronômetro do avião perderam exatamente dez minutos, apesar de uma verificação da hora cerca de trinta minutos antes da aterrissagem.

Se você acompanhou todos os dados relatados deve ter percebido o número perturbador de desaparecimentos de pessoas no Triângulo das Bermudas, esses fatos juntamente com “os outros eventos bizarros” nos levam até uma teoria muito difundida sobre a origem desses fenômenos.

Existiriasupostamente no Triângulo uma base extraterrestre, provavelmente submarina.

O escritor e investigador Vincent H. Gaddis  publicou em 1965 o livro Invisible Residents talvez o mais célebre do autor, onde expõe essa teoria. Segundo ele, seres inteligentes viveriam há milénios sob a superfície dos lagos, dos mares e dos oceanos do nosso globo, e é aí, escondido sob toneladas de água, onde ninguém pensaria em ir procurá-lo, que residiria o segredo dos objectos voadores (OVNI) e aquáticos não identificados (OSNI) avistados. Sanderson teria tido um certo toque de clarividência na época ao incluir nos fenómenos registados em Invisible Residents os desaparecimentos ocorridos na zona do Triângulo.


O próprio Vincent, que no mesmo ano fundou a Society for the Investigation of the Unexplained (Sociedade para a Investigação do Inexplicado) apontou que nem de longe o Triângulo das Bermudas seria o único local do globo onde esses fenômenos ocorreriam. 

Seria apenas o mais famoso. 

Ainda existiriam aproximadamente outros 11 “triângulos” menores espalhados pelo globo onde os mesmos fenômenos de desaparecimentos e avistamentos são encontrados.

Um deles é o Triângulo do Dragão, também conhecido como Triângulo das Bermudas do Pacífico, onde eventos tão o mais bizarros ocorrem.


Independente dos motivos serem naturais ou não, é impossível dizer que tais locais não despertam a curiosidade humana a séculos e guardam uma simetria e coincidências entre si extremamente perturbadoras para quem relaciona as informações entre eles. A verdade está lá fora.

terça-feira, 23 de outubro de 2012

O Rosto do Arquivo


Em 1991, um assassinato foi registrado no arquivo da polícia. Como sou um estagiário no departamento de polícia, tive completo acesso ao arquivo.

Eu estava andando por lá, até que encontrei um arquivo de caso de assassinato em uma dessas prateleiras abandonadas que ninguém abre mais. Fiquei curioso, então o tirei de lá. Como nossos arquivos são armazenados digitalmente, havia somente um USB lá dentro. Fui para o computador, pluguei o USB, e apareceu um arquivo nomeado: V28956, assim como os homicídios geralmente são registrados. Dentro do arquivo estava uma descrição completa do crime, depoimentos de vizinhos e todas as coisas de costume. Porem tinha um arquivo que fez com que eu levantasse minhas sobrancelhas de curiosidade, chamado ARQUIVOS DIGITAIS. Este arquivo só aparecia se algo digital tivesse a ver com o assassinato, por exemplo, sons do assassinato, os vídeos que deixaram as pessoas loucas o suficiente para matar suas vitimas. Eu cliquei, e dentro havia um arquivo. jpg e um arquivo .doc. Clicando no .jpg, descobri que era uma foto muito perturbadora de um rosto. Eu nunca tinha visto nada parecido antes; parecia que tinha sido tirada com uma Kodak. Encolhendo os ombros, decidi abrir o arquivo .doc, chamado EXPLANATION.doc. Aqui vai o que estava escrito:

"O assassino disse que matou a vítima por causa do efeito da imagem. Ele disse que a encontrou em um velho disco rígido (HD), e após vê-la, teve pesadelos constantes e lúcidos sobre rostos brancos amaldiçoando-o com as palavras ‘K'yalla Iömed wÿarñ’. Ele começou a ficar louco e perguntou por que eles estavam amaldiçoando-o daquela forma. Ele disse que a única maneira de fazê-los sair era dar-lhes poder de vida, matando outras pessoas, então ele decidiu fazer um ‘sacrifício’, e então matou sua própria filha de 8 anos. Ele destruiu os membros da garota com um martelo, escreveu a frase ‘K'yalla Iömed wÿarñ’ em seu torso usando uma faca, e escondeu o cadáver debaixo de sua cama. Depois disso, ele afirma que seus pesadelos pararam, até os vizinhos estranharem a ausência da garota e chamarem a policia.

Os policiais que viram a imagem não relataram quaisquer pesadelos semelhantes."

terça-feira, 9 de outubro de 2012

Boneca Baby Laugh'a'Lot



Era o ano de 1978, uma nova boneca havia saído no mercado com o nome de "Baby Laugh a-lot". Sua principal função era produzir risadas quando apertavam o botão em seu peito. Enquanto ria, se mexia em sua cadeira e não parava de rir.

Nesse ano era uma novidade ver uma boneca fazer esse tipo de ação tão natural. Eu era uma menina cheia de caprichos e quando vi o comercial, corri até minha mãe para pedir que me comprasse ela, contudo, sempre vivemos na humildade.

Agora me sinto agradecida por não ter tido tanto dinheiro...

Muitas amigas minhas me contaram que seus pais lhes comprariam a boneca, eu as olhava com inveja enquanto fingia alegria por elas.

E assim foi, minhas amigas conseguiram a boneca e chegaram a me mostrar ainda em suas caixas, as pedi que brincássemos com ela, mas se mostraram egoístas e negaram meu pedido.

O que aconteceu a seguir não me lembro com clareza... Eu era só uma menina e não posso exicar tudo o que aconteceu... mas sei que foi na tarde de 14 de março.

Naquela época o comercial da boneca não era mais transmitido na televisão.

Emma, uma de minhas amigas, ficou gravemente doente, minha mãe me disse que era gripe, mas pela janela do meu quarto ví chegar vários carros e homens vestidos com grandes jalecos. Eu sabia que não era uma simples gripe, mas ninguém queria me contar a verdade.

Pouco depois soube que ela tinha caído em um transe esquizofrenico onde não podia deixar de rir histericamente, seus pais estavam aterrorizados, totalmente desesperados para encontrar uma explicação. Mas a situação começou a piorar, Emma expelia sangue de seu nariz e ouvidos.

Tive a oportunidade de visitá-la e fiquei surpresa com o que vi... Estava quase morta! Não parecia uma menina de 10 anos, era uma pequena anciã presa a todo o tipo de equipamento médico!


Olhei seu quarto e encontrei a boneca em sua mesa de cabeceira, parecia que ela a observava atentamente... Observava seus delírios e risos súbitos que Emma sofria. Uma semana depois, vi chegar um grande carro preto na casa de Emma, minha mãe disse que ela não voltaria de viagem.


Depois foi Rose, começou com os delírios, gritava a noite que a boneca queria levá-la, depois começou a rir batendo sua cabeça contra a parede, deixando manchas de sangue impossíveis de limpar.


Também pude visitá-la, seu rosto estava cicatrizando e mesmo que seus pais tenham pintado a parede, ainda podiam ver as fracas manchas de sangue. E, da mesma forma, senti o olhar da boneca.


Não soube mais de Rose, sua mãe a levou para a casa de seus avós, sei que encontrou o mesmo final que Emma. Mas antes de ir, deixou a boneca na porta da minha casa, minha mãe a pegou e a guardou em cima do guarda-roupas do meu quarto.


Durante a noite escutei o som de madeira oca e pude ver que a boneca se mexia em sua cadeira. Pulei da minha cama e de susto cai pelas escadas, terminei em um hospital por fraturas no braço esquerdo e feridas lever em meu pescoço. Eu gritei a minha mãe que não queria a boneca, mandei que a queimasse mas ela se negou.

Ao chegar em minha casa, peguei o alcool etílico e o acendedor da cozinha, chutei a boneca, a cobri totalmente e a vi queimando diante de mim. Eu podia escuta-la rindo enquanto seu rosto chamuscava pouco a pouco...

Não deixei de escutar essa risada por 4 longos anos, 4 anos de terapia psicologica.

Aí está o video do comercial que passou na época
 


(Um dos comerciais mais creepys que já vi)

Os Meninos Verdes


Esse mistério que virou uma lenda urbana, está há um bom tempo passando de geração. E, por isso que em algumas partes do Reino Unido, os camponeses tem o hábito de trancar os poços de suas propriedades quando não estão utilizando eles.

A lenda tem origem numa história começou que dizem, ocorrem há muito tempo atrás. As duas notáveis crianças foram descobertas na vila de Woolpit, em Suffolk ? Reino Unido. O incidente se deu durante o regime do rei Stephen da Inglaterra (1135-1154), numa época difícil. Os camponeses estavam trabalhando quando as duas crianças, um garoto e uma garota, repentinamente emergiram de um fosso profundo. As pessoas ficaram de olhos arregalados diante do fato.

Estavam vestidas com roupas de material nada familiar e suas peles eram verdes. Era impossível falar com eles porque tinham um dialeto desconhecido. Os dois foram levados para o dono do feudo, Sir Richard de Caline.

Obviamente, eles estavam tristes e choraram por vários dias. Os pequenos esverdeados se recusaram a comer e a beber qualquer coisa até que alguém ofereceu feijão ainda no talo para eles. Eles sobreviveram comendo feijão por vários meses. Mais tarde eles começaram a comer pão. O tempo passou, o pequeno e esverdeado garoto entrou em depressão, adoeceu e morreu. A garota adaptou-se melhor a sua nova situação. Ela aprendeu a falar inglês e gradualmente sua pele foi perdendo a cor verde. Mais tarde se tornou uma saudável jovem e se casou.

Ela era sempre perguntada sobre seu passado e de onde tinha vindo, mas tudo que falava só fazia aumentar o mistério sobre suas origens. Explicava que seu irmão e ela tinham vindo de “uma terra sem sol”, com um perpétuo crepúsculo. Todos os habitantes eram verdes. Ela não tinha certeza exata onde se localizava sua terra. Ainda, ela chamava de “Luminous” a outra terra, que era cruzada por um “rio considerável” separando o mundo deles.

Também são inexplicáveis como as crianças apareceram naquele fosso. A garotinha disse que ela e seu irmão estavam procurando o rebanho do pai e seguiram por caverna escutando o som dos sinos. Vagaram na escuridão por um longo tempo até que acharam uma saída; de repente, eles ficaram cegos por um clarão de luz.

A luz do sol e a temperatura diferente deixaram-nos cansados; descansavam quando ouviram vozes, viram pessoas estranhas e tentaram fugir. Entretanto, não tiveram tempo de se mover da boca do fosso onde foram descobertos. As fontes originais dessa história são William de Newburgh e Ralph de Coggeeshall, dois cronistas ingleses do século 12.

Muitas explicações têm aparecido para o enigma das crianças verdes. Uma das teorias sugeridas é que as crianças eram imigrantes flamengas que sofreram perseguição. Seus pais teriam sido mortos e o garoto e a garota se esconderam na floresta. Esta idéia explicaria as roupas diferentes, mas não esclarece o fato das crianças falarem uma língua desconhecida, embora alguns habitantes locais achassem que era uma corruptela de flamengo.

Outros sugerem má nutrição ou o envenenamento por arsênico como a causa da pele verde. Também havia um rumor que um tio tentou envenenar as crianças, mas isso nunca foi confirmado. No entanto, outras pessoas como o astrônomo escocês, Duncan Lunan, sugeriam que as crianças eram alienígenas enviados de outro planeta para a Terra.

De acordo com outras teorias, as crianças vieram de um reino subterrâneo ou, possivelmente, de outra dimensão. Poderiam as crianças verdes de Woolpit ter vindo de um mundo paralelo, um lugar invisível ao olho nu? É importante lembrar que a garota disse que “não havia sol” no lugar de onde ela teria vindo. Disto se pode deduzir que ela habitava de um mundo subterrâneo. A verdadeira origem das crianças nunca foi descoberta e este caso continua um mistério.


Entre as teorias a que ficou mais famosa entre os camponeses foi a do mundo subterrâneo. Isso fez com eles adotassem o hábito de trancar os poços, pois acreditam ser a passagem desses seres para o nosso mundo. Essa lenda já foi mais difundida pelo Reino Unido, hoje se restringem há algumas regiões rurais. Hora ou outra, aparece uma cabra mutilada ou com ferimentos incomuns e a lenda volta a ganhar força.

domingo, 7 de outubro de 2012

Problemas de espaçamento do Blogger - Fixed

XD uhuuu, agora fiquei feliz!

Consegui resolver o problema de espaçamento de parágrafos que tinha começado naquela última atualização escrota do Blogger. Aquilo estava detonando o layout de muitos posts antigos e eu não conseguia mudar de volta :/ mas finalmente isso acabou. 

Vivas, vivas, vinte vivas!

Essa é lista dos post consertados (pelo menos os com erros mais grosseiros):

#Trilhas sonoras de horror nos jogos

#Quatro Creepypastas curtas de Pokemon 2

#Quatro Creepypastas curtas de Pokemon 3

Ufa, foi um alívio consertar isso :O 

Para concluir, caso vocês encontrem mais erros de espaçamento, ou até mesmo de português, concordância, etc avisem nos comentários do Blog para que eu possa consertar, ok. Até a próxima

sexta-feira, 5 de outubro de 2012

Ningen



Há alguns meses atrás teriam surgido relatos do avistamento de um estranho tipo de animal que vaga pelos oceanos Pacífico e Antárctico. Estes seres são conhecidos nessas regiões simplesmente como “Ningen”

O "Ningen", que se traduz como "humano" do japonês, foi apelidado assim pelos pescadores nipônicos do Pacífico. Histórias sobre o Ningen surgiram recentemente, a partir da década de 1990 quando vários homens do mar alegaram ter visto criaturas similares nadando em águas profundas. Estes pescadores profissionais ficaram espantados com o tamanho do monstro e ainda mais chocado por esta besta albina parecer chocantemente humanoide.

As testemunhas dizem que ele mede entre 60 e 90 pés de comprimento (18 e 27 metros respectivamente) e pesa dezenas de toneladas. O Ningen é descrito como uma imensa criatura marinha semelhante a uma baleia, com pele de textura suave e pálida quase branca e com um formato que lembra vagamente a cabeça, tronco e apêndices de um ser humano. Quem o avistou, afirma ainda que o Ningen tem uma cauda de sereia no lugar das pernas, enquanto outros insistem que ele possui nadadeiras semelhantes a membros que lhe permitem, inclusive, andar em terra como um bípede. A criatura teria ainda "mãos", dotadas de cinco dedos nas extremidades de braços longos e esguios.


Estes seres são sempre descritos como extraordinariamente grandes e com uma aparência esbranquiçada que o destaca na água. Muitos dos supostos observadores relataram que esses animais não têm características faciais distintas a não ser dois olhos enormes e uma fenda que lhe serve de boca. Segundo a maioria dos relatos, as criaturas teriam hábitos noturnos e prefeririam correntes marinhas frias.

Assim como as baleias, eles precisariam subir à superfície para respirar e quando o fazem lançam grande quantidade de água e espuma. Em algumas oportunidades eles foram vistos aos pares ou até em grupos maiores, embora na maioria das vezes sejam encontrados sozinhos. Machos e fêmeas seriam praticamente iguais sendo impossível distinguir o sexo, se é que existiria separação por gênero.


Nas vezes em que foram avistados, os Ningen simplesmente nadaram ao redor das embarcações mantendo uma distância de pelo menos 10 metros. Barcos que tentaram seguir o animal descobriram que ele pode se mover velozmente e desaparecer em segundos mergulhando nas profundezas. Alguns teóricos conjecturam que os Ningen habitam águas profundas e que precisariam subir à superfície raramente, eles também viveriam sob calotas polares onde encontram nichos e depósitos de ar. O derretimento acelerado dessas calotas teria forçado os Ningen a se afastar do seu habitat natural possibilitando seu avistamento cada vez mais frequente.

Testemunhas também chamaram a atenção para o estranho canto do Ningen, que não se assemelha a nenhum som de animal marinho conhecido e que parece um longo lamento.

Não se sabe ao certo quando os primeiros relatos sobre essa criatura gigantesca começaram a circular​​; mas supõe-se que o Ningen ganharam notoriedade quando informações sobre seus avistamentos acompanhados de relatos apareceram on-line em fóruns populares de notícia no Japão. Um indivíduo anônimo que alegava trabalhar em um "navio de pesquisa do governo", fez um relato completo sobre o avistamento de uma dessas criaturas que acompanhou o navio em que ele estava.

Segundo o relato dessa testemunha - corroborado mais tarde por outros colegas pesquisadores - os tripulantes foram atraídos ao convés pelo alerta de um dos vigias que havia visto o que inicialmente pensava se tratar de um "submarino estrangeiro". Quando o navio de pesquisa se aproximou do objeto ficou evidente que eles não estavam lidando com um veículo submergível, mas com uma forma de vida desconhecida. A tripulação observou com admiração a gigantesca criatura, tratada como algum tipo de baleia acometida de uma anomalia. O animal nadou a uma distância de no máximo 30 metros do navio, fazendo evoluções e surgindo na superfície pelo menos duas vezes até que submergiu e não foi mais vista.


Há rumores persistentes que sugerem que os membros desta equipe oceanográfica registraram a aparição tirando fotografias e realizando filmagens extraordinárias da "coisa" durante o seu breve encontro. Tais imagens teriam sido suprimidas e confiscadas, a fim de poupar o instituto que promoveu a missão do constrangimento - e ruína financeira - de ser associado a este tipo de manchete sensacionalista. Sem dúvida, a explicação se refere ao suposto avistamento de "águas vivas gigantes" em 2002 que se provou um fiasco e arranhou a credibilidade do órgão de pesquisas oceanográficas do Japão que deu crédito a imagens falsas.

Não é preciso dizer que logo que essa ocorrência se tornou pública, através do relato de supostas testemunhas, o enigma ganhou interesse da imprensa e do público. Em novembro de 2007, o burburinho em torno desses monstros misterioso, e as fotografias que começaram a aparecer, era tão intenso que os editores da revista japonesa "Mu" publicaram um longo artigo sobre este acontecimento desconcertante.

A "Mu", é uma publicação semelhante a "Fate," uma revista que se dedica à difusão de informações sobre todos os tipos de fenômenos paranormais, o que inclui cryptids, o avistamento de animais e criaturas desconhecidos e não catalogados pela ciência. Em seu artigo sobre o Ningen a revista questionava a existência da tal criatura marinha, entrevistava autoridades, cientistas, biólogos e marinheiros além de questionar a possível existência de uma criatura marinha gigantesca. A edição foi um sucesso e o Ningen se tornou ainda mais popular, ganhando fama internacional.

Fotografias e desenhos da criatura ilustravam as páginas da revista. A "Mu" exibiu ainda uma imagem do Google Maps do que parecia ser uma criatura semelhante ao Ningen nadando no Atlântico Sul, próximo da costa da Namíbia.


Logo após a publicação do artigo, um dilúvio de cartas bombásticas, relatos exagerados, fotos desfocadas e vídeos com imagem granulada inundou a web com indivíduos afirmando ter visto a mesma criatura marinha em alguma ocasião. A maioria dos relatos e material gravado era no mínimo de origem questionável, sendo que alguns eram falsificações grosseiras. Outros, no entanto, eram simplesmente estranhos e impossíveis de serem avaliados. Mas alguns poucos causaram dúvida como a misteriosa fotografia de uma criatura bípede, semelhante a um cetáceo "caminhando" sobre calotas polares na Antártida.


O farto material alimentou a discussão e acalentou a teoria de que o governo japonês teria conhecimento da existência dessa forma de vida e que levava muito à sério qualquer relato feito por embarcações que afirmavam ter visto a criatura. De fato, existem inúmeros rumores sobre investigadores do governo ligados às forças armadas japonesas, sobretudo a Marinha, fazendo perguntas e entrevistando testemunhas.

Um dos boatos mais extraordinários envolveu o avistamento de um Ningen pela tripulação de um barco de pesca em águas japonesas aconteceu no ano de 2008. A tripulação do pesqueiro teria visto não apenas uma, mas duas das bizarras criaturas nadando em águas mais rasas. Os animais teriam circulado o pesqueiro várias vezes, rompendo a linha de superfície e se aproximando ficando a apenas cinco metros do costado. Na ocasião, os pescadores tiraram várias fotos e chegaram a fazer um vídeo curto da experiência. Eles teriam ainda gravado o som do canto do animal. A prova irrefutável teria sido negociada com um canal de televisão japonês, que comprou o material e pretendia apresentá-lo em um programa de televisão. Na última hora, o material teria sido confiscado por autoridades que exigiram a entrega de todas as fotos e filmes sob pena de instauração de processo.

Os defensores da existência do Ningen afirmam que a maior parte das fotografias de má qualidade, montagens e narrativas simplórias que vieram à público foram criadas paraencobrir a verdade e rejeitar toda e qualquer noção de que essas coisas possam ser reais. Segundo esses "teóricos de conspiração", a melhor maneira de desacreditar uma estória real é contá-la de uma forma que qualquer menção a ela pareça inacreditável, ridícula e em ultima análise delirante.


Qualquer entusiasta da ufologia defende que esta é a mesma tática usada pelos EUA e muitos outros governos para desacreditar fenômenos envolvendo os OVNI. O maior de todos os fenômenos envolvendo um mistério ufológico, o famoso Caso Roswell parece seguir essa cartilha, nele supostos discos voadores foram tratados como balões metereológicos. Os céticos sugerem que esse método foi empregado para reduzir a paranoia crescente sobre "discos voadores" durante a Guerra Fria.

Afinal de contas o que seriam esses seres, qual seria sua origem? Seriam formas de vida inteligente, sistematicamente ocultadas para o grande público? Alguma forma de vida alienígena ou milenar que possui parentesco com os humanos? Provavelmente nunca teremos certeza.